A Árvore, enquanto símbolo, está presente nas mais diferentes culturas e nos remete, invariavelmente, à Árvore da Vida cujo significado primordial é a perpétua evolução.

Representa, também, o caráter cíclico da evolução cósmica: vida, morte e regeneração. Cresce em posição vertical, subindo em direção ao céu, perde as suas folhas e se regenera por incontáveis vezes, morrendo e renascendo de modo cíclico sendo, por esta razão, entendida como símbolo de continuada fertilidade que garante a eternidade e a expressão da própria vida.

Em seu sentido dinâmico e realizador representa o Homem como Artífice do Cosmos, aquele que ao se mover conscientemente, materializa os desígnios do Criador no mundo manifestado.

Compreender a Árvore da Vida significa encontrar o próprio sentido existencial, significa experenciar a razão primeira e última pela qual somos designados a existir.

É sobre esta singular e tremenda experiência que estaremos trabalhando neste workshop.

Sejam todos bem-vindos!

Cris Albuquerque